Siga o site por e-mail:

domingo, 2 de outubro de 2011

Curiosidades - Comune di Bisnono


Al 30 de settembre de 2010 de popolazione residente è di 1.043 abitanti.
(População residente em 30 de setembro de 2010 é de 1.043 habitantes.)

sábado, 1 de outubro de 2011

Cidadania - Acabou o Mistério

Prezado Membro da família Boscaglia, se encontra em minhas mãos a chave que acaba com todas as dúvidas sobre a origem de nossa família: O Estratto de Nascita (Certidão de nascimento) do patriarca Giuseppe Buscaglia, isso mesmo o nosso nome é com a letra "u" e somos uma família originária do norte da Italia.

Meu próximo passo será entrar na justiça para retificar as certidões brasileiras (de avô, pai e próprias) para o pedido de Cidadania Italiana.

Estarei nos próximos dias atualizando o site e fornecendo maiores informações.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Cidadania - Documentos na Italia

Prezados integrantes da família Boscaglia, foi localizado o documento do patriarca Giuseppe na Italia. A busca pela certidão na Italia começou hoje 30/08/2011. Em breve iniciarei o processo de reconhecimento da cidadania italiana, é um processo de custo elevado porém caso tenham interesse em retirar a cidadania, poderão dividir comigo as despesas até o momento. Tornando o processo mais fácil para todos. Entrar em contato pelo e-mail do site para maiores informações.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Curiosidades - Distribuição do Sobrenome na Italia

O sobrenome familiar Boscaglia foi originário da Italia e ainda nos dias de hoje o encontramos distribuídos por diversas regiões italianas, como podemos verificar no mapa acima.
Este mapa foi feito com base em listas telefônicas (ano 2000), a legenda refere-se ao número de assinantes encontrados, como normalmente um telefone é utilizado por várias pessoas está registrado apenas no nome de uma delas.
Concluímos que o mapa nos da uma visão aproximada da distribuição geral de pessoas com tal sobrenome nestas localidades.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Curiosidades - Heráldica


A heráldica surgiu durante as Cruzadas e rapidamente se espalhou por toda a Europa, basicamente fora utilizada para identificar os soldados em batalhas campais já que os soldados não podiam ser reconhecidos apenas por suas armaduras e/ou elmos.
Porém somente após o século XII começou a obedecer a preceitos gerais, no século XIII a heráldica tornou-se tão popular que passou a existir como uma ciência a parte, na verdade a heráldica foi considerada como uma ciência e arte.
Os brasões não eram dados ao acaso para cada pessoa, inicialmente tiveram suas origens em atos de coragem e bravura efetuados por grandes cavaleiros, tendo sido uma forma de homenagear os lutadores e suas famílias, posteriormente , como era um forte ícone de status passou a ser conferido a famílias nobres a fim de identificar o grau social da mesma, em resumo, somente heróis ou a nobreza possuíam tal ícone e o poderiam transmitir as seus descendentes.
A palavras brasão vem do alemão Brazen e significa "tocar trombetas", de fato, os arautos antes de lerem os decretos tocavam trombetas com bandeirolas blasonadas para chamar a atenção dos passantes.
Na idade média (476-1453), os heraldista (heraldos) eram pessoas que dirigiam os torneios e examinavam a qualidade dos cavaleiros que, por sua vez, usavam o brasão de armas no qual figuravam os símbolos de sua nobreza.
Portanto o brasão era, para os antigos da Idade Média, a insígnia, a bandeira da família e, como tal, honrado e transmitido de pai para filho.
O brasão é uma insígnia ou distintivo de pessoa ou família nobre conferido, em regra, pôr grande merecimento.
Para a família Boscaglia as principais armas encontradas foram: "Em campo vermelho exibe-se um leão rampante em ouro segurando um ramo em verde". Conforme a figura acima. Embora ainda possam existir outras.